Seguro Desemprego 2019 — Agendamento, Consulta, Cálculo

Todos os trabalhadores brasileiros que exercem serviço remunerado com carteira assinadas têm, por lei, direito à alguns benefícios disponibilizados por seus empregadores e o principal deles é o Seguro Desemprego 2019, que foi criado pelo Governo Federal com o intuito de amparar as pessoas que acabaram de sair do seu ofício sem justa causa.

Este projeto é uma importante assistência financeira disponibilizada para o cidadão que está desempregado, pois fornece para o mesmo uma renda durante um período, este que pode ser utilizado para buscar por uma nova oportunidade de emprego. Por isto é essencial ficar ciente quanto os seus direitos de cidadão.

Elaboramos este conteúdo com o objetivo de ajudar os trabalhadores que desejam conhecer mais sobre o Seguro Desemprego e entender como funciona o benefício. Portanto, continue acompanhando o texto a seguir e não deixe que nenhuma informação importante passe despercebida.

O que é o Seguro desemprego?

Seguro Desemprego 2019

O Seguro Desemprego 2019 é uma ajuda financeira temporária disponibilizada constitucionalmente para os trabalhadores que sem encontram desempregados sem justa causa. Este benefício da Caixa Econômica Federal faz parte do sistema de seguridade social, mantido pelo art. 7º dos Direitos Sociais da Constituição Social.

Além do valor garantido, há também a opção de transformá-lo em uma ajuda para a qualificação profissional, proposta pelo empregador ao trabalhador que foi temporariamente suspenso. Durante o período em que está suspenso, o trabalhador mantém o vínculo empregatício, mas não presta serviço e nem recebe remuneração.

Quem tem direito ao Seguro desemprego 2019?

Uma dúvida que muitos trabalhadores têm em comum é a de quem tem direito à receber o benefício Caixa Seguro Desemprego, e se você é um deles veja abaixo quem poderá ter acesso à este auxílio:


01. O Trabalhador formal e doméstico que foi dispensado sem justa causa, incluindo demissão indireta;


02. Trabalhador formal com contrato trabalhista suspenso por conta de participação em curso ou programas de qualificação profissional oferecidos pelo próprio empregador;


03. Pescador profissional durante tempo do defeso;


04. Trabalhador encontrado vivendo em condição semelhante à escravo.


Como fazer o Agendamento Seguro desemprego?

Se você foi dispensado sem justa causa e deseja solicitar o seu seguro desemprego, saiba que é interessante ficar atento aos prazos fornecidos. Os trabalhadores em atividades formais devem requerer em um período de 7 à 120 dias, contados a partir da data de demissão, enquanto os trabalhadores de atividades domésticas têm um período de 7 à 90 dias após a dispensa. Mas antes disso, é necessário realizar o seu agendamento.

O agendamento seguro desemprego 2019 serve para agilizar o atendimento ao cidadão que deseja solicitar o benefício, pois assim o trabalhador não precisará pegar grandes filas, além da precisão do atendimento garantida. E para realizar o agendamento online, basta seguir os passos abaixo:

Seguro Desemprego 2019


Passo 01: Acesse o site do Ministério do Trabalho saaweb.mte.gov.br, conhecido também como Sistema de Atendimento Agendado (SAA).


Passo 02: Em seguida marque o estado e o município onde deseja agendar seu atendimento.


Passo 03: Selecione a unidade de atendimento mais próxima e o tipo de agendamento desejado.


Passo 04: Agora é o momento de informar alguns dados solicitados (CPF/telefone/data de nascimento).


Pronto! Após seguir os passos acima, basta aguardar a página carregar para conferir qual será o dia, a hora e o local em que deverá comparecer para solicitar o seu benefício.

Como fazer a consulta Seguro desemprego 2019?

Fazer a consulta seguro desemprego é muito fácil, e qualquer trabalhador formal consegue realiza-la em poucos segundos. Para consultar o seu benefício pela internet é preciso ter em mãos apenas o número do NIS (PIS/PASEP) e a senha internet.

Todo o procedimento é feito através do site da Caixa Econômica Federal por meio do endereço abaixo:

Seguro desemprego 2019

  • Acesse https://sisgr.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01;
  • Digite o número do NIS e sua senha;
  • Marque a opção “Não sou um robô”;
  • Clique em “OK”.

E no tópico abaixo ainda é possível conferir como funciona o cálculo do valor a ser pago pelo seguro desemprego. Vale a pena conferir.

Saque do Seguro desemprego 2019

Seguro Desemprego 2019

Sacar o seguro desemprego é um procedimento bastante simples de ser realizado. Porém antes de dar entrada, o contribuinte deverá estar enquadrado nas seguintes condições para poder receber o auxílio:


Requisito 01. Ter sido demitido sem justa causa.


Requisito 02. Estar desempregado quando for dar entrada no auxílio.


Requisito 03. Não possuir renda própria de nenhuma natureza para sustentar a si próprio assim como sua família.


Requisito 04. Não receber nenhum tipo de benefício previdenciário de prestação continuada, exceto nos casos de pensão por morte e auxílio-acidente.


Será mais fácil realizar o saque os contribuintes que já forem clientes da Caixa pois as parcelas serão creditadas automaticamente por meio da conta poupança ou conta Caixa Fácil.

Os trabalhadores com Cartão Cidadão e senha cadastrada podem retirar o benefício em casas lotéricas, autoatendimento da Caixa ou correspondentes do banco. Os demais precisam procurar uma agência da Caixa Econômica.

Depois de ter certeza que você se enquadra em todas essas condições, faça o agendamento do 7º ao 120º dia contando com a data da demissão, para não perder o seu benefício. Na própria agência da Caixa é possível fazer o agendamento e saber, assim, qual será a data para o pagamento da primeira parcela do auxílio.

Como funciona o calculo Seguro desemprego 2019?

Seguro Desemprego 2019Para os cidadãos que recebem o benefício do Seguro Desemprego 2019, umas das ações mais importantes a ser feitas é o Cálculo deste auxílio, este que vai estabelecer o quanto você vai ganhar baseando-se no seu salário e tempo de serviço no último emprego.

Existe um limite de quanto uma pessoa pode receber pelo seguro desemprego, no qual o governo poderá pagar, em um mês, até R$ 1.385,91, mesmo que o cálculo feito dê um valor acima desta faixa. Isto ocorre pelo fato de existir esta limitação estabelecida sobre algumas contas, estas que preveem quanto é o valor máximo que o Governo pode gastar com o benefício.

E para calcular seguro desemprego é preciso pegar a média salarial dos três últimos meses trabalhados e multiplicar por um número definido conforme a sua faixa salarial, mais o tempo trabalhado. O cálculo das parcelas do benefício é feito de acordo com o tempo de serviço com carteira assinada e o seu número da solicitação do seguro. Para isto existe uma tabela que controla os critérios de cálculo.


Após conferir estas importantes informações, esperamos que não tenha ficado com nenhum tipo de questionamento relacionado ao seguro desemprego 2019.

Mas caso ainda tenha dúvidas sobre algum tópico, faça um comentário logo abaixo e aguarde a nossa resposta em breve. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *